Bossa Nova

Curiosidades
A história da Bossa Nova é a história de uma geração de jovens artistas brasileiros que acreditaram no futuro e conseguiram realizar o sonho de levar sua música aos quatro cantos do mundo. Primeiro movimento musical brasileiro egresso das faculdades, já que os primeiros concertos foram realizados em âmbito universitário, pouco a pouco aquilo que se tornaria a bossa nova foi ocupando bares do circuito de Copacabana, no chamado Beco das Garrafas.

No final de 1957, uma destas apresentações, ocorreu no Colégio Israelita-Brasileiro, chamando as pessoas para uma apresentação de samba-sessions por uma turma “bossa-nova”. No evento participaram Carlos Lyra, Ronaldo Bôscoli, Sylvia Telles, Roberto Menescal e Luiz Eça, onde foram anunciados como “(…)grupo bossa nova apresentando sambas modernos”.

Encontro de Tom Jobim e Vinícius de Morais
O encontro de João Gilberto e Tom Jobim foi sugestão do fotógrafo Chico Pereira, que aconselhou João a procurar o maestro. Eles já se conheciam superficialmente das noitadas em Copacabana e João resolveu bater na porta de Tom.
Tom, que como todos os outros também havia se impressionado com a nova batida de violão mostrou a João algumas composições suas, entre elas Chega de Saudade, parceria com Vinicius e um dos temas escolhidos para o disco Canção do Amor Demais, que estava sendo preparado para Elizeth Cardoso.

Chega de saudades
A gravação de Chega de Saudade foi uma verdadeira novela. Cheio de exigências, como o pedido de um microfone para a voz e outro para o violão, inédito na época, João Gilberto conseguiu enlouquecer técnicos e músicos. Interrompia a todo instante a gravação, ora dizendo que os músicos haviam errado, ora que o som não estava bom. Mas o disco acabou saindo com arranjos de Tom Jobim, que também tocava o piano.

Depoimentos

Cinqüenta anos depois, bossa nova ainda conquista os jovens

Ela é cinqüentona e nos últimos meses o pessoal do meio musical só tem falado nela em razão de seu aniversário de meio século. Mas engana-se quem pensa que a bossa nova é coisa de vovô. Aqui na região tem toda uma galera ligada nessas músicas que, na época, foram uma revolução dentro do Brasil. “Eu ouvia um pouco em casa, mas só fui me ligar quando passei a aprender violão”. Disse Mauricio Castro.

Quando surgiu aqui no Brasil há 50 anos, a bossa nova não foi bem vista por algumas pessoas da classe musical, que não aprovavam que a música brasileira se misturasse com o jazz americano. A principal influência da bossa nova era o samba brasileiro com o jazz de nomes como Chet Baker, que cantava baixinho, diferente dos cantores aqui do Brasil na época.

Bossa nova era sinônima de modernidade. Os jovens da época não estavam felizes com aquelas mesmas músicas que os pais ouviam. A bossa foi um sopro de liberdade, que na época que surgiu a bossa nova tinha apenas 18 anos. É como gostar de uma vertente de música eletrônica hoje. Só você e uns poucos amigos admira aquilo enquanto o resto acha coisa de gente louca, diz Tânia Castro.

Mas o que faz os jovens admirarem a bossa nova nos dias de hoje, já que o impacto causado há 50 anos já não é o mesmo? Para a cantora de barzinho Sheila Link 24 anos, a influência do estilo na história da música brasileira é o principal motivo para a bossa manter-se nova.

“Em que você pensar na MPB foi influenciado pela bossa nova. Não é à toa que o Caetano Veloso e o Roberto Carlos fizeram shows juntos mesmo sendo tão diferentes como compositores. Os dois são crias da bossa”, lembrou Maurício Castro, outro adepto do banquinho e do violão.

Roberto Menescal foi um dos fundadores do movimento Bossa Nova. Era amigo de cantores como Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Nara Leão. Fez amizade com Ronaldo Bôscoli, com quem escreveu em 1961 um de seus maiores sucessos, que também é uma das músicas ícones da Bossa Nova: “O Barquinho”.

Em entrevista, Roberto Menescal fala sobre os 50 anos do movimento. Ouça aqui.

Nenhuma resposta to “Bossa Nova”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: